O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), disse nesta quarta-feira (2) que cerca de 500 famílias estão desabrigadas em várias cidades do Estado por causa da chuva que dura 30 horas, da fragilidade das construções das moradias e da elevação das águas dos Rios Parnaíba, Poti e Gurguéia. Pelo menos outros 18 municípios correm o risco de ficarem isolados de Teresina com a situação das estradas. O governo do Piauí encaminhou um ofício ao Ministério da Integração Nacional e à Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec) informando as condições no Estado e realiza o monitoramento diário do nível das águas dos rios e da chuva.

Dias esteve com o prefeito da capital piauiense, Sílvio Mendes (PSDB), visitando o dique do Rio Poti, no bairro Poti Velho, zona norte da cidade. Na capital, são mais de 180 famílias desabrigadas atendidas pelo programa Família Acolhedora. Segundo o relatório divulgado nesta quarta-feira (2), o nível das águas do Poti era de 800 mil litros de água por segundo e estava em 1,5 mil.