Chuniti Kawamura / O Estado do Paraná
Sede de 45 mil metros quadrados recebe,
em média, 2 mil sócios por dia.

O Círculo Militar do Paraná (CMP), um dos clubes mais tradicionais de Curitiba, completou ontem 70 anos de existência. Para comemorar, está programado um mês de atividades para os sócios, como um Baile de Gala, competições esportivas e mostras de artes.

No dia 10 de setembro de 1934, um grupo de militares fundou o Círculo Militar de Curitiba, com sede no prédio conhecido atualmente como Palácio Avenida, no centro da cidade. Cinco anos depois, fez uma fusão com a Sociedade Paranaense de Tênis e Hispismo, passando a se chamar Círculo Militar do Paraná, com a intenção de formar um clube também aberto para civis e que fosse representativo dentro da sociedade curitibana.

Em agosto de 1941, os fundadores conseguiram instalar o CMP em sede própria e definitiva, em terreno com área de 45 mil metros quadrados localizado na área central de Curitiba, ao lado do Passeio Público. Em 1973, foi inaugurado um dos principais símbolos do clube, o Ginásio de Esportes Brigadeiro Arthur Carlos Peralta, conhecido como Palácio de Cristal.

O presidente do Círculo, tenente coronel Aquises Stori Paquete, conta que o próximo desafio do clube é investir ainda mais na prática de esportes amadores e na formação de atletas. “No Brasil, os principais atletas começam em clubes”, afirma. O Círculo possui vários exemplos disso. Um deles é o jogador de vôlei Giba, que começou no clube e foi campeão olímpico em Atenas. Outro atleta citado por Paquete é Emanuel, jogador de vôlei de praia e que também conquistou o ouro nos últimos jogos olímpicos. “Ainda temos um dos destaques brasileiros da esgrima, o jovem Athos Schwantes, que participou do Pan-Americano de Santo Domingo, no ano passado. Ele continua treinando aqui”, conta.

Um dos projetos do CMP é o sócio-atleta, que visa ajudar pessoas carentes e, com muito treino e incentivo, torná-las campeãs do esporte e da vida. O clube fornece vales-transporte para o deslocamento deles.

Talvez um dos principais atrativos do Círculo Militar é a sua localização, o que auxilia muito no desenvolvimento do clube. “Hoje temos mil sócios militares e quatro mil civis. No total, contando dependentes, temos 15 mil sócios”, comenta Paquete. Somente na natação e na musculação, são 1,6 mil sócios matriculados. “As pessoas aproveitam para fazer as atividades antes do trabalho ou depois do expediente. Estimamos que mais de dois mil sócios visitem as dependências do clube por dia”, explica o presidente do CMP.