A Cohab de Curitiba convocou famílias inscritas na fila, com renda entre quatro e seis salários mínimos, para oferecer os 64 apartamentos do Conjunto Residencial Acácias, localizado no Campo Comprido. As unidades estão sendo construídas pelo Programa de Arrendamento Residencial (PAR), da Caixa Econômica Federal, e deverão ser entregues no segundo semestre deste ano.

A convocação da fila para comercialização das unidades faz parte das ações previstas no convênio assinado entre a Caixa e a Cohab, para implantação do PAR em Curitiba. De acordo com o documento, os empreendimentos do programa são executados pela iniciativa privada em áreas da Cohab e depois são oferecidos às famílias que estão inscritas em seu cadastro.

“Trata-se de uma parceria importante, porque atende a um segmento da clientela da Cohab que não vinha sendo contemplada nos últimos anos. São famílias que estavam aguardando um imóvel pronto e, agora, têm a oportunidade de concretizar a sua aspiração”, explica a presidente da Cohab, Teresa Oliveira.

Este é o caso da família de Carlos Daniel Benevenuto e Maria Neri. Eles estavam inscritos na fila desde 1996 e haviam sido chamados anteriormente para adquirir terreno, mas recusaram a oferta e preferiram aguardar uma nova chamada, porque acham que teriam dificuldades para construir por conta própria sua casa.

“Estava esperando há muito tempo, mas nunca desanimei. Agora, estou contente, porque o apartamento era justamente o que queria”, disse Maria Néri. O casal tem uma filha de apenas três meses de idade e hoje mora numa casa nos fundos do terreno da mãe de Carlos.