O contrato para a construção de 140 unidades habitacionais em Marialva, Noroeste do Estado, foi assinado nesta quinta-feira (1), entre Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), Caixa Econômica Federal e prefeitura. O residencial Orlando Feltrin terá investimento de R$ 7,4 milhões.

O presidente da Cohapar, Mounir Chaowiche, ratificou a meta do governador Beto Richa de atender 100 mil famílias em quatro anos. “O Paraná é referência no país em alianças com o governo federal e com os municípios. Só desta forma é possível tornar o sonho da casa própria realidade para os paranaenses”, afirmou.

Roberto Luís Bachmann, superintendente da Caixa, disse que havia inúmeras obras paradas. “Com a sensibilidade da nova gestão, elas já foram concluídas e entregues às famílias”, contou.

Esperança – O prefeito de Marialva, Edgar Silvestre, o Deca, assinou a ordem de serviço para o início imediato das obras das 140 unidades. As residências, construídas na modalidade hipoteca terão padrão único de 40 metros quadrados. “Essa casa significa a minha vida”, disse emocionada a diarista Eliamara Ortega Estanislau.

Mãe de seis filhos, que cria sozinha, ela passa por dificuldades. Três são hiperativos, com déficit de atenção, um é deficiente auditivo e outro tem diabetes. Eliamara conta com ajuda da prefeitura para conseguir remédios e tratamento para os filhos. “Tenho que dar uma atenção especial a eles e ainda assim trabalhar para sustentá-los. É ganhar dinheiro no dia para comer no outro”, afirmou.

À espera da casa própria há 14 anos, ela e os filhos já mudaram 10 vezes de endereço nos últimos tempos. “Agora, eu posso dar um teto para os meus filhos morarem, sem medo de amanhã alguém bater na porta e nos tirar de lá”, completou. Também estiveram presentes na assinatura dos contratos os deputados estaduais Ênio Verri, Evandro Junior, Dr. Batista e Anibeli Neto.