A Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) vai construir 40 moradias rurais em Cerro Azul e Doutor Ulysses, no Vale da Ribeira. Os contratos com as famílias beneficiadas, no valor total de R$ 1 milhão, foram assinados na quarta-feira (18) e são resultado da parceria entre os programas Morar Bem Paraná Rural, do governo do estado, e Minha Casa Minha Vida Rural, do governo federal.

“Com o trabalho conjunto da Cohapar, Emater e Secretaria da Agricultura, com o apoio da Caixa Econômica Federal e prefeituras, temos conseguido levar melhores condições de habitação à população do campo” afirmou o presidente da Cohapar, Mounir Chaowiche.

Para o representante da Superintendência Leste da Caixa, Arielson Bittencourt, as unidades são a concretização do planejamento conjunto voltado para a população rural.

“Há um ano e meio, começamos a pensar, em conjunto com a Cohapar, em uma maneira de atender os pequenos agricultores para que eles possam continuar no campo”.

O prefeito de Cerro Azul, Dalton de Moura e Costa, destacou a contrapartida da prefeitura e que as famílias beneficiadas arcarão com apenas R$1 mil do valor total da casa.

Entre as famílias beneficiadas, está a dos agricultores Ariel e Rosa de Andrade. O casal têm dois filhos e vive em uma residência precária, fria e com goteiras. “Quando chove ou venta a casa destelha e aparecem goteiras. Temos até que mudar a cama das crianças para elas poderem dormir”, explicou Rosa.

Vivendo em uma pequena casa de madeira de chão batido na zona rural de Doutor Ulysses há 18 anos, Alípio e Vanilda da Silva moram com um filho e dois netos.

“A casa é muito fria por causa das frestas na madeira”, disse Vanilda. Alípio relatou encontrar muitos insetos, como aranhas, e o barbeiro, transmissor da doença de chagas. “Esperamos que com a nova casa a gente viva com mais conforto e segurança”.

Também estiveram presentes no evento, representando a Caixa Econômica Federal, o superintendente regional em exercício Vilmar Smidarle, o gerente da agência de Almirante Tamandaré, Valdir Polli, e o gerente regional Dirceu Borges.

Além deles, estavam representantes da Secretaria da Família e Desenvolvimento Social e do Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater).

Programas

O programa Morar Bem Paraná Rural atenderá, nos próximos quatro anos, 10 mil famílias com casas novas e outras 4 mil com reformas e ampliações. É uma parceria entre Cohapar, Secretaria da Agricultura e do Abastecimento, Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Caixa Econômica Federal e Cooperativas de Agricultores.

Os recursos, provenientes do governo federal, pelo Minha Casa Minha Vida Rural, podem chegar a R$ 25 mil por casa, dependendo da renda familiar do agricultor. O governo do Estado também pode entrar com subsídio para complementar a mão de obra. Cada família paga R$ 1 mil divididos em quatro prestações anuais de R$ 250, sendo o restante subsidiado pelos governos federal e estadual.