Apenas o município de Guaratuba está com a limpeza urbana garantida para o próximo verão. Ontem, o governo do Estado realizou pregão eletrônico para contratar empresas que farão o serviço no litoral por um período de 78 dias.

Dos três lotes em disputa, dois não foram arrematados: o primeiro, que cobre os municípios de Pontal do Paraná e a Ilha do Mel, e o terceiro, referente a Matinhos, Antonina e Morretes. Hoje, as Secretarias da Administração e do Meio Ambiente devem se reunir para definir o que será feito em relação a esses locais.

Os serviços licitados eram a coleta e destinação de lixo, varrição e capinação de ruas e limpeza de faixa de areia, durante a Operação Viva o Verão. Segundo a Secretaria de Estado da Administração e da Previdência (Seap), a limpeza urbana é, durante o ano, atribuição das prefeituras. Mas na temporada o governo reforça os serviços.

A empresa que venceu o lote referente a Guaratuba foi a HMS Transportes e Locação de Caçambas, por cerca de R$ 1,5 milhão. O primeiro lote, cujo valor era de mais de R$ 1,9 milhão, não teve nenhuma proposta e foi declarado deserto.

Já o terceiro recebeu apenas um lance, mas acima do preço máximo estipulado, de aproximadamente R$ 1,5 milhão. A empresa Gaissler Moreira Engenharia Civil ofereceu mais de R$ 1,8 milhão.

Em novembro, uma licitação com o mesmo objeto foi realizada, mas as cinco empresas participantes não apresentaram proposta e o processo foi considerado deserto.