O secretário estadual de Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara, anunciou na manhã desta quarta-feira (28) a realização de concurso público para 30 médicos veterinários e 50 técnicos agrícolas. A contratação é uma exigência do Ministério da Agricultura para antecipar o fim da vacinação contra febre aftosa.

+Leia também: Empresa da Grande Curitiba concorre ao Oscar do atendimento ao cliente

Os contratados trabalharão na Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) e atuarão na fiscalização e em barreiras sanitárias. O edital ainda não foi lançado. Contudo, segundo Ortigara, os valores de salário são definidos pela tabela da Adapar. A remuneração inicial para os médicos veterinários é R$ 6,5 mil e para os técnicos agrícolas, R$ 2,6 mil.

O anúncio foi feito na manhã desta quarta-feira (28), durante audiência pública na Assembleia Legislativa para discutir a antecipação do fim da vacinação da febre aftosa. Mais de 1,5 mil pessoas participaram do evento, que começou por volta das 9h e terminou 12h30.

Veja como é a nova moeda de R$ 1, lançada em comemoração aos 25 anos do Real