Curitiba passa a ser a sede de mais uma edição do 2º Encontro Regional de Capacitação dos Conselhos de Alimentação Escolar. Organizado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE/MEC), o evento dá prosseguimento à capacitação de multiplicadores, iniciada no ano passado. Durante dois dias, os 80 representantes dos 40 municípios-pólo dos estados do Paraná e Mato Grosso do Sul estarão no Hotel Elo Inn (Rua Augusto Stelfelld, 456) para mais esta etapa dos 11 encontros deste ano. A idéia é treinar os conselheiros para utilizar o software com simulação de entrada de dados e trocar experiências com os nutricionistas em uma reunião específica.

Este ano, a Oficina para Treinamento no Sistema de Acompanhamento e Monitoramento (SAM), do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), e a Reunião Técnica com nutricionistas, mobilizarão a atenção dos conselheiros de 600 municípios-pólo, das cinco regiões do País. Depois de Curitiba, os encontros encerram-se com a edição de Vitória (ES), nos dias 1º e 2 de julho. Nove capitais já realizaram o evento: Maceió, Fortaleza, Salvador, Goiânia, Porto Velho, Belém, São Paulo, Belo Horizonte e Porto Alegre. Nessas cidades foram capacitados 848 representantes de 505 municípios-pólo.

A gerente do Pnae, Elizabeth Menezes, lembra que tudo está sendo feito para que os conselheiros de cada capital tenham acesso e utilizem o software do Sistema de Acompanhamento e Monitoramento da merenda. A simulação reproduzirá o ambiente que os conselheiros trabalharão em suas cidades. Todos os conselheiros estão recebendo o software do Sistema e um manual de utilização.

Sob a orientação da coordenadora do SAM, Maria Antonia Galeazzi, a Oficina enfocará a utilização do software do sistema. No ano passado, os CAEs tomaram conhecimento dos formulários do SAM, ainda em fase de validação. A expectativa da coordenadora é que, a partir da implementação do software, haja a diminuição de, no mínimo, 30% no desperdício dos alimentos servidos nas escolas.

Paralelo à Oficina do SAM estará acontecendo a Reunião Técnica com Nutricionistas. Essa reunião é coordenada pela Assessoria em Nutrição do Pnae e foi organizada em virtude da necessidade de se fazer um diagnóstico do custo médio per capita dos cardápios praticados em nível nacional.