O governador Ratinho Junior lançou na segunda-feira (13) o programa Telemedicina Paraná, que fará atendimentos de saúde online para auxiliar no combate à pandemia do coronavírus no estado. A ação consiste em uma plataforma virtual em que o paciente realiza uma consulta da sua casa para evitar aglomerações e desafogar o sistema de saúde. De qualquer localidade do Paraná é possível utilizar o sistema.

Para iniciar a consulta, o paciente deve baixar o aplicativo Telemedicina Paraná, disponível para celulares com sistema Android ou IOS, ou entrar no site www.coronavirus.pr.gov.br.

Leia mais! Evite ir pra fila da Receita: tire o CPF pela internet e não fique sem o auxílio emergencial de R$ 600

Como funciona

Após o cadastro no aplicativo ou no site, o paciente deve preencher um formulário sobre sua condição de saúde. O sistema fará uma triagem inicial por meio da Inteligência Artificial. Se o paciente não for identificado com possíveis sintomas de coronavírus, receberá orientações de como se prevenir.

Se for identificado com algum sintoma, será encaminhado para nova triagem com profissionais da saúde, com atendimento online via WhatsApp. Se os sintomas não forem de Covid-19, ele receberá novas orientações. Caso haja a possibilidade de ser a doença, ele será encaminhado ao atendimento com profissional de saúde ou médico por vídeo, chat ou áudio.

Na consulta online, o médico dará o diagnóstico, inclusive com possibilidade de encaminhamento para atendimento presencial na unidade de saúde mais próxima do paciente. O médico também pode prescrever medicamentos e emitir atestados.

Voluntários e estudantes

Até agora, 120 médicos já se cadastraram para atender voluntariamente pela plataforma. Alunos dos últimos anos dos cursos de Enfermagem e Medicina das universidades estaduais e da UFPR farão a triagem na plataforma, com a supervisão dos professores.