Sobre a matéria “Postes atrapalham tráfego de ciclovia em Curitiba”, publicada no site Paraná-Online, a Copel informa que a relocação dos postes daquela ciclovia foi feita em atendimento ao que foi solicitado pela empresa particular proprietária do imóvel, conforme protocolo nº 59466154.

O pedido, assim como o projeto de alteração da ciclovia, foi devidamente aprovado pelo Instituto de Pesquisa e Pavimentação de Curitiba – IPPUC, com anuência do Departamento de Parques e Praças da Secretaria Municipal do Meio Ambiente – SEMMA.

Conforme consta do projeto, o traçado da ciclovia será ligeiramente deslocado (obra que é de responsabilidade da empresa proprietária do imóvel). Assim, os postes deixarão de constituir obstáculo aos usuários da ciclovia.

Copel / Assessoria de Imprensa