Uma sequência de acidentes fez com que quem passasse pela BR-116, entre Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), e a capital, na manhã desta segunda-feira (4), enfrentasse trânsito lento. Todos os acidentes aconteceram na pista sentido a Curitiba. Duas pessoas ficaram feridas e uma criança morreu.

O primeiro acidente aconteceu por volta das 6h, próximo ao limite de Fazenda Rio Grande com Mandirituba, no quilômetro 160 da rodovia. Uma criança de três meses morreu e um homem ficou gravemente ferido em uma colisão frontal, envolvendo um Monza e um Fiat Strada. O homem foi encaminhado ao Hospital do Trabalhador, em Curitiba.

Logo depois da colisão, próximo a Central de Abastecimento (Ceasa), o motorista de um caminhão tombou ao fazer o retorno na rodovia. O veículo estava carregado com batatas e, para não bater em um carro, o motorista puxou o volante, o que teria causado o tombamento.

O último acidente foi próximo ao Caximba. Um casal caiu de uma moto depois que teriam sido fechados por um carro. A motocicleta foi parar embaixo de uma carreta, mas o casal teve ferimentos leves. Eles foram encaminhados, por uma ambulância da concessionária, ao HT.

Revolta

No local do segundo acidente, motoristas, comerciantes e moradores da região estavam revoltados. Segundo eles, no trecho em que aconteceu o tombamento do caminhão foi construído um viaduto, que deveria ser usado como retorno, mas a obra permanece interditada.

Foto: Colaboração/Alexandre Xavier.