Cerca de 54 mil pessoas devem deixar
a capital pela rodoferroviária
no feriado prolongado de Páscoa.

Cerca de 54 mil pessoas devem deixar Curitiba pela rodoferroviária entre hoje e amanhã, para o feriado da Páscoa. O movimento é o dobro do registrado normalmente. A média diária de embarque é de 11 mil passageiros. Na sexta-feira, o número de embarques também será elevado.

Segundo o administrador da rodoferroviária, Jair José Carvalho, o volume de passageiros deverá ficar 30% acima do normal. O destino mais procurado pelos viajantes é o interior do Paraná, com 40% das passagens vendidas. A segunda maior procura é pelo litoral do Estado, seguido das praias de Santa Catarina.

Para evitar problemas de última hora, Carvalho recomenda para quem vai viajar que chegue com antecedência ao local. Na hora do embarque, o viajante deve ter em mãos a passagem, o cartão de identificação preenchido e um documento de identidade.

Passagens

Em algumas empresas, as passagens para amanhã, véspera do feriado da Sexta-feira Santa, já esgotaram. Na empresa Viação Garcia – que atende cidades como Londrina, Maringá, Cascavel e Paranavaí – já não há mais passagens para amanhã. No último fim de semana, todas foram vendidas. Segundo o encarregado da agência, Antenor Pelek, eles não esperavam por tanta procura. Estavam apostando que o movimento iria ser dividido com o próximo feriado, o de primeiro de maio. Em dias normais, trinta carros percorrem as linhas. Para amanhã, foram colocados 35 carros extras.

Na empresa Expresso Princesa dos Campos, 79 horários extras foram colocados para amanhã. O normal é 56. Apesar do grande movimento, ainda existe bilhetes para todas as cidades que a empresa atende. “Sabíamos do movimento. Para nós, esta é a época mais movimentada do ano”, explica o gerente Edson Groque. Mas ele aconselha a não deixar para a última hora a compra dos tickets. A empresa atende cidades como Ponta Grossa, Telêmaco Borba, Guarapuava, Pato Branco, Toledo, entre outras. Groque lembra ainda os pais não devem esquecer a documentação dos filhos para poder embarcar nos ônibus.

Semana Santa

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) começa a Operação Semana Santa à 0h de amanhã. Como sempre, o fator segurança será o principal foco. Através de policiamento ostensivo e preventivo, a PRF espera reduzir o número de acidentes nas estradas. Estarão atentos ao excesso de velocidade, ultrapassagens indevidas, consumo de álcool, uso de cinto de segurança, equipamentos obrigatórios do veículo, especialmente quanto aos quesitos de iluminação e de retrorefletores, e ainda o transporte clandestino de passageiros.