A Sanepar está realizando uma série de obras no sistema de esgotamento sanitário de Curitiba. As obras são feitas por microbacias e, por isso, abrangem toda a Região Metropolitana (RMC). A rede coletora será ampliada em 571 quilômetros e vai receber novas estações de tratamento.

A meta, segundo o presidente da companhia, Stênio Jacob, é garantir que Curitiba continue sendo a capital brasileira com os melhores índices de saneamento do País, como apontou, recentemente, a pesquisa divulgada pela Organização Trata Brasil.

O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) já assegura a quantia de R$ 199,4 milhões em investimentos na Sanepar, para a Grande Curitiba. Até o final do próximo ano esses recursos serão investidos na ampliação da rede de esgoto, com obras de grande porte que incluem túneis sobre as rodovias

A Sanepar conta com uma relação de obras programadas na Bacia do Passaúna. Os investimentos alocados somam R$ 13, 6 milhões. As obras ocorrerão em Araucária, Campo Largo e Campo Magro, atendendo aproximadamente 13 mil habitantes.

No município de Campo Largo já está em execução a interligação da travessia Mato Grosso, a implantação de 4,2 quilômetros de rede coletora em Pinheirais e 210 ligações domiciliares.