A Prefeitura de Curitiba vai implantar no próximo ano um serviço de atendimento à população idosa no Bairro Novo. O projeto Cuidadores em Domicílio prevê atendimento em casa a idosos com dependência nas questões de saúde e risco social, dando apoio às famílias. O projeto será desenvolvido pela Fundação de Ação Social (FAS) e Secretaria Municipal da Saúde.

O serviço funcionará em caráter experimental, mas há a expectativa que de ele seja replicado nas outras oito regionais da cidade. O objetivo é promover um acompanhamento continuado do idoso acamado, com o apoio de um cuidador social, sem retirar a pessoa do seu ambiente familiar.

De acordo com dados da FAS, o número de idosos atendidos pela entidade passou de 184, no início do ano passado, para 223 em 2014. Em paralelo com a atuação dos grupos de convivência, que incluem atividades variadas como artesanato e informática, foi identificado que mais de 60% dos idosos moradores da regional do Bairro Novo não possuíam registro no Cadastro Único – que permite acesso a programas de benefícios sociais como o Bolsa Família.

Para a regional, que compreende os bairros Sítio Cercado, Umbará e Ganchinho, além do próprio Bairro Novo, também estão previstas para 2015 a inauguração de uma unidade de acolhimento para idosos em situação de rua e de um Centro Dia, equipamento público que oferta atividades para pessoas com semidependência para tarefas da vida diária.