Curitiba terá dois novos parques: um na Vila Rigoni (Fazendinha) e outro na rua Bernardo Meyer (CIC). A ordem de serviço para o início imediato das obras foi assinada nesta quarta-feira (13) pelo prefeito Luciano Ducci e pelo governador Beto Richa. Curitiba passa a ter 25 milhões de metros quadrados de área verde, somando parques, bosques, praças e reservas particulares.

O prefeito Luciano Ducci, ao assinar a ordem de serviço, explicou a importância ecológica e social dos novos parques. “Na Vila Rigoni  e na região da rua Bernardo Meyer moravam famílias em área de risco. Todas foram relocadas e hoje vivem com conforto, dignidade e segurança”.

As novas áreas de lazer e preservação ambiental vão ocupar uma faixa de 210 mil metros quadrados, numa extensão de quase três quilômetros, às margens do Rio Barigui. No local, moravam 244 famílias em situação de risco que foram transferidas e atendidas em novos loteamentos da Cohab.

“As famílias que estavam morando na beira do rio, agora vivem em casas boas, de alvenaria. E estamos transformando essas áreas em dois belos parques, amenizando o impacto das chuvas, reurbanizando a região”, disse Luciano Ducci. “Isso mostra que essa grande intervenção tem uma preocupação em cuidar bem do meio ambiente, mas também e principalmente em cuidar bem das pessoas”, comentou.

A secretária do Meio Ambiente, Marilza Dias, explicou que os dois novos parques são parte de um projeto grandioso, o Viva Barigui, que prevê um único parque de 45 quilômetros de extensão formando um corredor de biodiversidade e de infra-estrutura às margens do rio Barigui.

“O grande parque linear do Viva Barigui mostra visão de futuro e planejamento estratégico”, disse. Por ações como esta, segundo Marilza, o Ministério do Meio Ambiente reconheceu Curitiba, no final do ano passado, como a cidade brasileira que mais faz pelo meio ambiente.

O governador Beto Richa afirmou que o reconhecimento e as várias premiações nacionais e internacionais que Curitiba tem recebido na área de meio ambiente são um  estímulo a novas ações. Ele comentou o quanto o povo curitibano é consciente e está engajado nas causas ambientais.

A empresa vencedora da licitação para implantação dos parques, a Viaplan, terá 18 meses para concluir as obras. O custo dos dois novos parques é estimado em R$ 19,7 milhões, numa parceria da Prefeitura de Curitiba com a Agência Francesa de Desenvolvimento.

Também participaram da solenidade os administradores regionais da CIC, José Dirceu de Matos, e do Portão, Gilberto Bedin; os vereadores Celso Torquato e Dirceu Moreira e diversas lideranças regionais.