A semana começou com tempo firme e calor em todo o Paraná. A constatação foi feita pelo Instituto Tecnológico Simepar, que confirmou que a tarde de ontem foi a mais quente do ano em Curitiba: 31,8ºC. No entanto, essa temperatura não bateu a mais alta do verão, registrada no dia 29 de dezembro passado, quando os termômetros da capital chegaram a 32,5ºC.

Com as altas temperaturas, os curitibanos que estavam com a tarde de ontem livre aproveitaram o calor para passear no Parque Barigui. Foi o caso do produtor Carlos Kazuo. “O calor está ótimo: perfeito para uma boa caminhada e um caldo de cana bem gelado”, diz.

A alta temperatura não fez bem apenas para Kazuo. Gelson Esturião, proprietário da banca de caldo de cana no parque, vê lucro certo com a temperatura. “O calor está literalmente aquecendo as minhas vendas”, brinca o vendedor. “Com ele os curitibanos tiram a mão do bolso e compram os meus produtos”, reforça a vendedora de água-de-coco, Eugenia de Souza.

No restante do Paraná, os termômetros do Simepar também acusaram temperaturas elevadas. São Miguel do Iguaçu, na região oeste, foi a cidade que registrou o índice mais alto do ano: 37,8.ºC.

Em Foz do Iguaçu, também no oeste, a temperatura chegou a 37ºC. Maringá, noroeste do Estado, registrou 34,2ºC. No litoral as temperaturas também ficaram altas: os termômetros de Paranaguá registraram 32ºC. “O tempo está ótimo para encarar uma boa piscina”, sugere a parnanguara que está em Curitiba, Vanice Peixoto.

De acordo com o meteorologista do Simepar, Marcelo Brauer, o mês de março costuma registrar temperaturas bastante elevadas. “Temos uma média dos últimos dez anos de 31,1ºC. Mas em 2003, para se ter uma ideia, o Simepar mediu 33,7ºC em Curitiba”, compara.

Sheila Paz, que também é meteorologista do Simepar, afirma que hoje, amanhã e quinta-feira novos recordes de temperatura deverão ser batidos. “O calor irá continuar. O registro de temperaturas pode ser ainda mais alto que os alcançados hoje (ontem) em todo o Paraná”, diz.