O aniversário de 15 anos é considerado um momento bastante especial na vida das adolescentes. Algumas não abrem mão da tradição que envolve a data e ainda sonham com um baile de debutantes, com direito a valsa, bolo e vestido de gala. Na próxima sexta-feira, vinte garotas de 15 a 18 anos, de baixa renda e integrantes do projeto Menina Mulher, mantido pela organização não governamental Centro de Convivência Menina Mulher (CCMM), com sede no bairro Parolin, em Curitiba, vão viver essa experiência.

Às 22h, na Sociedade Thalia, elas serão a atração principal de um baile que irá contar com a participação de cadetes da Polícia Militar do Paraná, banda de música e do ator global Tiago Martins, que ficou conhecido pelo público após participar da novela Da Cor do Pecado, da Rede Globo. “Para as meninas que fazem parte do Centro de Convivência, participar de um baile de debutantes sempre foi um sonho difícil de ser realizado, pois elas não teriam como arcar com os custos”, conta a coordenadora do projeto Menina Mulher, Maris Estela Hallu. “Agora, elas vão ter a oportunidade de passar por esta experiência.”

O baile vai ser promovido graças a doações da comunidade. A Sociedade Thalia vai disponibilizar gratuitamente o seu espaço e os vestidos que as meninas vão usar estão sendo confeccionados por costureiras voluntárias, com o apoio das próprias debutantes. “Contamos com o apoio de muitas pessoas e também da secretaria Municipal de Saúde de Curitiba”, explica Maris.

Debutantes

As jovens que vão debutar estão bastante ansiosas em relação ao baile e, há várias semanas, estão trabalhando nos preparativos. “Meus pais não teriam condições de pagar um baile de debutantes para mim. Isso sempre foi um sonho e que agora poderei realizar”, conta a debutante Adriana Cristiane de Souza, que completou 15 anos em 29 de setembro do ano passado.

Já Juliana Kikote conta que quando fez 15 anos, em 3 de fevereiro de 2003, realizou uma festa pequena, em casa, só para os familiares. Agora, ela trabalha com afinco na realização do baile e, além de debutante, é a responsável pela confecção das bijuterias que todas as participantes vão estar usando no dia da festa. “Vai ser uma oportunidade muito legal, pois eu também não teria condições financeiras de participar de um baile”, diz.

Centro

O Centro de Convivência Menina Mulher foi criado em outubro de 1995 e hoje atende 160 meninas, entre 7 e 18 anos de idade. A maioria delas moradora da Vila Parolin, Vila Torres e Cidade Industrial de Curitiba. A organização não governamental oferece cursos semiprofissionalizantes em informática, corte e costura, dança, teatro, entre outros, além de atendimento psicológico.