A comissão formada, a pedido do governador Roberto Requião (PMDB), para analisar a situação das obras inacabadas na gestão Jaime Lerner (PFL) divulgará hoje uma definição sobre o Canal da Música.

Ontem, membros do Sindicato dos Engenheiros no Estado do Paraná (Senge), Universidade Federal do Paraná (UFPR), Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea), Instituto de Engenharia do Paraná (IEP) e Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano tiveram uma longa reunião que começou pela manhã e se estendeu até o início da tarde. “Amanhã (hoje) vamos opinar pela manutenção ou não do estúdio de vidro naquele local”, afirmou o secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano, Renato Guimarães Adur, sobre o estúdio de TV que teoricamente foi construído num local inadequado e que está apresentando problemas de rachaduras e infiltrações.

Além do Canal da Música, a comissão está encarregada de promover um levantamento da legalidade das licitações das obras do Parque da Ciência, Museu Paranaense e Museu Oscar Niemeyer, antigo NovoMuseu.