O número de casos de dengue no Paraná não pára de crescer. Segundo boletim divulgado ontem pela Secretaria Estadual de Saúde, a contagem subiu de 4.245 notificações na semana passada para 4.427 nesta semana – 182 casos novos, o que equivale a acréscimo de 4,3%. O aumento foi quase a metade do registrado uma semana atrás, quando a diferença foi de 9%.

Foz do Iguaçu ainda lidera o ranking de incidência da doença no Estado, com 1.304 casos, seguido por Sarandi (461), Maringá (389), Londrina (301), São João do Ivaí (255) e Doutor Camargo (189).

Conforme declaração do diretor do Centro de Saúde Ambiental da Secretaria Estadual de Saúde, Antonio Carlos Setti, a doença está em curva descendente. As recentes notificações se referem, segundo ele, aos casos contraídos no mês passado. Segundo Setti, no pico da doença – período entre fim de março e início de abril -, o Paraná chegava a apresentar seiscentos novos casos por semana. Em 2000, o Estado registrou cerca de 1.800 casos de dengue, enquanto em 2001 foram aproximadamente 1.200 notificações. (LS)