A tradição de realizar casamentos no mês de maio está ganhando concorrência no Paraná. Para aproveitar a injeção do 13.º salário e dos feriados de final de ano, os noivos elegeram o mês de dezembro como o melhor período para o matrimônio. O aumento chega a ser de quase 50% nesse período em relação a outros meses.

“Além disso, por enquanto ainda é mais barato realizar festa de casamento no final do ano”, revela o diretor de Registro Civil e Pessoas da Associação dos Notários e Registradores do Paraná (Anoreg-PR), Ricardo Augusto de Leão.

Ele lembra que uma pesquisa realizada em 2005 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) já confirmava a nova tendência dos noivos. “Maio é apenas o terceiro mês com maior número de casamentos, perdendo ainda para setembro. Com o 13.º no bolso, as pessoas conseguem organizar uma festa maior e podem programar a lua-de-mel, uma vez que há dois feriados neste mês”, diz.

Os restaurantes que realizam recepções de casamento também confirmam o incremento. De acordo com a proprietária do restaurante Dom Antônio, em Curitiba, Lorena Roberta Madalosso, o estabelecimento já não tem mais disponibilidade para quem planeja fazer um almoço ou jantar neste mês.

“Estamos com as datas todas lotadas. Para 2009, já estamos com bastante reservas, restando poucas datas. Embora maio também sempre encha o restaurante, dezembro tem sido um mês bem movimentado”, explica. A dica para quem quiser fazer reservas no final do ano é conversar com no mínimo seis meses de antecedência, segundo a proprietária.

O pároco da igreja Santa Terezinha, em Curitiba, Luciano Romano Kmieciak, acrescenta que dezembro tem sido um mês requisitado para a realização de matrimônios na paróquia.

“Muita gente tem procurado este mês para se casar por causa das férias e por conta da renda extra garantida pelo 13.º salário. A disputa por uma data aqui é grande, tanto é que a agenda para o ano que vem já está toda fechada”, encerra.