A chuva deixou 108 cruzamentos semaforizados desligados na principalmente área central (Bigorrilho, Mercês e Alto da XV). Numa primeira avaliação feita pela Diretran, cerca de 50 equipamentos danificados já estão sendo reparados.

O principal problema foi a falta de energia elétrica. Houve bloqueios com árvores de 15 ruas nos bairros de Santa Felicidade, Mercês, Alto da XV e Santo Inácio.

Para garantir o atendimentos dos motoristas no trânsito a Diretran quintuplicou o número de agentes que normalmente atuam nos domingos.

Trinta e quatro agentes municipais estiveram nas ruas até 1h da manhã para orientar os motoristas e garantir segurança no trânsito.

Os agentes precisaram tirar árvores das vias e desobstruir bueiros onde havia granizo. Outras três equipes de manutenção garantiram a recuperação dos semáforos que não dependiam do restabelecimento de energia da Copel.

Na manhã desta segunda-feira o efetivo de 42 agentes antecipou seu horário de trabalho e entraram às 4h da manhã.
Neste momento há 9 cruzamentos com semáforos apagados, que são:
. Avenida Humberto Castelo Branco com Rua São José
. Mateus Leme com Rua João Gava
. Rua Germano Mayer com Rua Professor Brandão
. Rua Germano Mayer com Rua Itupava
. Rua germano Mauer com Rua Conselheiro Carrão
. Rua Manoel Ribas com Desembargador Motta
. BR-476 com Trevo Atuba
. Otávio Saldanha Mazza com Mario Gomes César
. Rua Paulo Setúbal com Maestro Carlos Frank

A Diretran alerta os motoristas que em situações como a que ocorreu neste domingo façam apenas os deslocamentos absolutamente necessários e que controlem a velocidade, já que crescem as situações de risco em momentos de chuva forte.