A partir de hoje, os motoristas que passarem pelas Ruas Luís Felipe Lopes, próximo à BR-277, no Barigüi, e Major Heitor Guimarães, no bairro Campina do Siqueira, em Curitiba, deverão ficar mais atentos e reduzir a velocidade.

Dois novos radares estão funcionando na região desde a zero hora de hoje. As ruas fazem parte do binário Mário Tourinho.

De acordo com a Diretoria de Trânsito de Curitiba (Diretran), o radar da Luís Felipe Lopes está localizado próximo à BR-277 e ao Sam?s Club, e o aparelho da Major Heitor Guimarães fica na altura do número 1046.

Com a instalação dos dois novos radares, a cidade continuará com 110 aparelhos de fiscalização, já que outros dois foram desativados: um na Rua Aderbal Stresser, Cajuru, e outro na Avenida Affonso Camargo, no mesmo bairro.

A gerente de Engenharia de Trânsito da Diretran, Rosângela Battistella, informou que os dois radares foram instalados porque a rua, que tinha pouco fluxo de veículos, passou a ser uma rápida. ?Com os carros passando em velocidade maior há mais possibilidade de acidentes, por isso a instalação dos radares, que já estavam previstos antes das obras?, disse.

Além dos 110 radares da cidade, há outros 18 pontos virtuais sinalizados e prontos para serem ativados ou desativados caso necessário. Foi o que aconteceu com os aparelhos da Aderbal Stresser e da Affonso Camargo.

Rosângela explicou que em substituição ao radar da Aderbal Stresser foi instalada uma faixa elevada para dar segurança aos estudantes de duas escolas da região – Escola Municipal Irati e Colégio Estadual Nilo Brandão. Já na Affonso Camargo, o radar não funciona mais por se tratar de um local sem problemas graves de trânsito.

Pelo menos outros 12 radares estão previstos em Curitiba por conta das obras: na Avenida Brasília (onde também há um binário em obras), um deles na altura da Rua Dante Luiz e outro próximo à Rua Clara Polsin.

De seis a oito radares estão previstos para a faixa de vias que englobam a Linha Verde (antiga BR-116) e outros dois na Avenida Santa Bernadethe (que passa pelas Vilas Lindóia e Fanny): um próximo à Rua Roberto Koch e outro na altura da Rua Manoel da Nóbrega.