Na tarde de ontem, proprietários de bares se reuniram com representantes da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu) para debater os procedimentos da ação.

Foi elaborada uma carta de proposta para que os órgãos públicos revejam a dinâmica de fiscalização para evitar constrangimento aos clientes dos bares. Nos próximos dias, será marcada uma audiência pública com moradores das regiões onde há mais denúncias de perturbação de sossego.