A concessionária Rodovia das Cataratas iniciou nesta semana novas obras de duplicação do perímetro urbano de Cascavel. O trecho em obras fará a ligação por vias duplas do trevo de acesso ao Aeroporto Municipal até o viaduto da Avenida Tancredo Neves. O investimento chega próximo a R$ 2 milhões.

Com a iniciativa, a concessionária pretende antecipando o cronograma previsto para este ano em dois meses. Prevista inicialmente para 30 de dezembro, a obra deverá ser concluída até 30 de outubro. Com a duplicação, a empresa pretende agilizar o fluxo de veículos entre a Avenida Tancredo Neves e o Aeroporto Municipal, eliminando um dos pontos de maior trafego da BR-277.

“Trata-se de uma obra muito importante do ponto de vista estratégico, já que nesta região há confluência de tráfego urbano com rodoviário”, afirma o engenheiro Augusto Bandeira, diretor-presidente da Rodovia das Cataratas.

A via duplicada estará servida da Camada Porosa de Atrito, tecnologia importada que impede o acúmulo de água sobre a pista nos dias chuvosos, reduzindo os riscos de derrapagem e melhorando a visibilidade.

42 km duplicados

A duplicação da BR-277 está seguindo pontualmente o cronograma estipulado pelo poder concedente (DER). Em consonância com o cronograma, a concessionária duplicou primeiro as áreas onde constatou-se maior fluxo de veículos, entre Cascavel e o trevo para Capitão Leônidas Marques, e entre São Miguel do Iguaçu e Santa Terezinha de Itaipu.

Atualmente a concessionária está duplicando também o trecho entre São Miguel e Medianeira, obra que estará concluída ainda este ano. A concessionária fecha 2002 com 42 km de duplicação prontos e 196 km de restauração, com a camada porosa de atrito, na BR-277.

No Trevo da Petrocon, no perímetro urbano de Cascavel, os projetos serão executados em 2002 e a conclusão da obra prevista para o próximo ano. O cronograma será adiantado para atender este trecho.