A lei que estabelece a educação como um serviço essencial no Paraná foi sancionada na última terça-feira (23) pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD). Agora, mesmo que o estado emita um novo decreto com medidas de restrições por conta da pandemia de Covid-19, como o fechamento do comércio, por exemplo, as escolas poderão continuar abertas, como atividades presenciais.

VIU ESSA? Vestibular da UFPR tem nova data divulgada após confusão em concurso

O início das aulas presenciais está previsto para a próxima segunda-feira (1º) na rede estadual de educação, depois de quase um ano apenas com atividades remotas (as escolas foram fechadas em 20 de março do ano passado, no primeiro decreto de enfrentamento da pandemia).

Leia mais sobre a educação como atividade essencial na coluna do jornalista Roger Pereira, na Gazeta do Povo.