Em decreto publicado no Diário Oficial do Paraná desta quarta-feira (20), o governador Ratinho Jr autorizou o início das aulas do Paraná para o próximo dia 18 de fevereiro. A retomada ocorre em meio à pandemia de covid-19 e após a aplicação das primeiras doses da vacina contra a doença. As aulas presenciais estão suspensas de março de 2020, quando teve início a pandemia no Paraná.

Segundo o decreto 6.637/2021, Ratinho Jr autoriza a retomada das aulas presenciais em escolas estaduais públicas e privadas, inclusive nas entidades conveniadas com o Estado do Paraná, e em Universidades públicas e mediante o cumprimento do contido na Resolução 632/2020 da Secretaria de Saúde (Sesa). Na rede municipal as aulas voltam também dia 18, de forma híbrida.

A volta às aulas irá acontecer com ensino híbrido, ou seja, com parte dos alunos presencialmente e outra parte com aulas online. Além disso, serão seguidos protocolos de segurança como lotação máxima nas salas, desinfecção, distanciamento entre alunos, entre outros.

Para garantir o retorno seguro das aulas aos estudantes, bem como para professores, pedagogos e equipe de secretaria, o governo do Paraná investiu R$ 5,9 milhões em equipamentos pro combate ao coronavírus. Foram adquiridos pela pasta e distribuídos para as mais de 2 mil escolas 21.836 galões de 5 litros de álcool gel; 25.167 galões de 5 litros de álcool líquido 70%; 6.942 termômetros; 31.749 dispensers e 16.343 macacões de limpeza, além de mais de 2,1 milhões de máscaras de tecido (duas para cada estudante).

+Leia mais! Pais pedem volta às aulas presenciais. “O aprendizado delas não é só o conteúdo online”

Este documento altera outro decreto, o 4.230/2020, que trata das medidas de contenção ao avanço do coronavírus.