Os integrantes do Projeto Brasil Quilombola participaram, entre os dias 2 e 6 de março do curso de Nivelamento e Capacitação do Convênio Incra-Unicentro (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária/Universidade Estadual do Centro-Oeste), oferecido pela Superintendência Regional do Incra/PR em sua sede em Curitiba.

Durante o curso foram feitos os acertos finais para o início dos trabalhos junto às comunidades quilombolas de Varzeão, em Doutor Ulysses, e Córrego do Franco e São João, em Adrianópolis, localizadas na região do Vale do Ribeira, divisa com o estado de São Paulo.

Nos dois primeiros dias, recém-formados, graduandos e professores de áreas multidisciplinares da Unicentro e da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), acompanharam palestras e discutiram a respeito da produção de relatórios antropológicos, além de detalhes do convênio. Nos demais dias, viajaram até às comunidades para a apresentação dos grupos.

O projeto Brasil Quilombola é desenvolvido em parceria do Incra e universidades, proporcionando a produção de análises antropológicas. Um relatório final, denominado Relatório Técnico de Identificação e Delimitação (RTID) de comunidades quilombolas, é desenvolvido junto aos técnicos.

O documento serve para direcionar possíveis políticas públicas e é exigência para o reconhecimento formal das comunidades. O projeto Brasil Quilombola também promove intercâmbio entre docentes, estudantes e técnicos do Incra/PR.