A Vara da Fazenda Pública de Paranaguá determinou, em decisão liminar, que a estação ferroviária do município seja restaurada em até 90 dias. Com 130 anos de história, a estação é tombada pela Secretaria Estadual de Cultura. A decisão foi tomada após uma denúncia do Ministério Público, que cita as más condições do prédio. Caberá ao município e à Fundação de Turismo de Paranaguá (Funtur) promover a recuperação.

O promotor responsável pela denúncia, Ronaldo Mion, sustenta que nos últimos dois anos a Defesa Civil Municipal realizou cinco vistorias ao local e, em todas elas, foram constatadas que os problemas vão “desde a fachada que está suja, mal cuidada, até os problemas de vigas que estão se rompendo, o teto que já caiu”, diz. A Procuradoria Geral do Município informa que já foi notificada e que vai recorrer ao Tribunal de Justiça. O órgão diz também que há “esforço da atual gestão em recuperar o prédio, um ícone turístico de Paranaguá”.