Moradores do Alto Maracanã, em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, deram seqüência, ontem, ao protesto iniciado na sexta-feira na Estrada da Ribeira. A rodovia foi novamente bloqueada. Desta vez, muitos pneus foram queimados para chamar a atenção do restante da população.

Moradores da região consideram a travessia da rodovia muito perigosa. Pedem que a Prefeitura de Colombo instale um semáforo na região, para que os pedestres não tenham tantas dificuldades para atravessar, e conseqüentemente diminuir o número de acidentes. O local é considerado de risco, porque dá acesso a quatro saídas do município.

Segundo o morador Marcos Luís da Silva, já foi solicitada ajuda da Câmara Municipal duas vezes. Na primeira, em 6 de agosto do ano passado, os responsáveis se comprometeram a dar uma resposta. Até agora, nada foi feito.

Outra queixa é de que a Prefeitura da cidade estaria afirmando que a responsabilidade sobre o assunto é do Departamento Nacional de Infra-Estrutura Terrestre (DNIT), o extinto DNER. Por sua vez, o DNIT estaria devolvendo o caso à Prefeitura. Os moradores prometem continuar protestando, até que algo de concreto seja feito.