Cerca de 50 estudantes forçaram a porta principal da Universidade Estadual de Ponta Grossa, por volta das 11h15 desta quarta-feira (19), e invadiram a instituição com gritos de ordem contra o presidente da República, Michel Temer (PMDB), e o governador do Estado, Beto Richa (PSDB).

Houve confusão, com empurrões e a Polícia Militar teve que ser chamada. Apesar do tumulto, ninguém ficou ferido, segundo informações da RPC TV. Os funcionários da UEPG ficaram para o lado de fora da instituição.

Até o momento são 745 escolas ocupadas em todo o Paraná, 11 universidades e quatro núcleos, de acordo com o movimento Ocupa Paraná. Os estudantes protestam contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 746, que prevê algumas mudança no Ensino Médio em todo o Brasil.

Assista o momento da invasão: