O ex-vereador Adelar Neumann, da cidade de Marechal Cândido Rondon, foi condenado a sete anos, nove meses e 10 dias de prisão no regime semiaberto. A condenação foi pelo crime de concussão, que é quando um agente público exige uma vantagem indevida para si mesmo ou para outras pessoas em razão do cargo que ocupa. A defesa vai recorrer.

+Leia mais! Tão esperada ponte de Guaratuba vai demorar quanto tempo? Entenda!

Em 2019, quando era vereador na cidade do Oeste do Paraná, Neumann foi preso após ser flagrado com parte do salário de um servidor. A prática, conhecida popularmente como “rachadinha”, configurou crime no entendimento do juiz Clairton Mário Spinassi. À época, o ex-vereador chegou a ficar preso por mais de 30 dias – o tempo será descontado e ele deve cumprir sete anos, sete meses e 28 dias em regime semiaberto, com a possibilidade de recorrer da decisão no regime aberto.

+Leia mais! Pão de queijo gourmet feito na região de Curitiba faz sucesso. Conheça!

Em sua sentença, o magistrado aponta que Neumann teria exigido parte dos salários de pelo menos dois servidores municipais. Em um dos casos, segundo a decisão judicial, foram feitos 11 repasses de dinheiro ao vereador; no outro, o salário foi dividido entre o vereador e o servidor por sete vezes.

LEIA TAMBÉM:

>> Bora economizar? Regional de Curitiba ganha novo “sacolão” com preço de R$ 2,49

>> Nota Paraná: Ganhador de Curitiba fatura R$ 1 milhão. Veja o bilhete

O advogado de Neumann, Luciano Katarinhuk, disse que “a defesa recebe essa sentença com muita serenidade e vai buscar a reforma dessa decisão no Tribunal de Justiça”. “A defesa apresentou inúmeras inconsistências na acusação, as quais não foram apreciadas da forma como se entendia cabível”, continuou Katarinhuk, que ainda completou: “É um direito do Adelar de questionar essa decisão nos termos que se deram, haja vista as dúvidas referentes a essa acusação”.

Pantanal

Juma atira nos pés de Jove

Loterias

Veja o resultado das loterias desta terça-feira!

Inverno Chegou

Veja como será o primeiro dia de inverno em Curitiba

Além da Ilusão

Lorenzo declara seu amor por Letícia