O Exército doou 100 fuzis à Polícia Militar (PM) do Paraná. Os armamentos foram entregues pelo comandante da 5ª Divisão do Exército, general Carlos José Russo Assumpção Penteado, ao governador Ratinho Jr (PDS) na tarde desta quinta-feira (13). Junto com os fuzis calibre 7,62 mm M964 também foram entregues 200 carregadores.

As armas doadas pelo Exército serão utilizadas no policiamento da fronteira com o Paraguai e por equipes especiais da PM, como o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), em operações específicas, como o combate a assalto a bancos.

Conhecido como fuzil de assalto leve, o armamento é o padrão usado pelas tropas da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) – aliança militar entre os países do hemisfério norte. No Brasil, o fuzil 7,62 mm M964 é usado pela infantaria e fuzileiros do Exército. Ele tem capacidade de disparar 120 tiros por minuto com alcance útil de 600 m.

LEIA MAIS – Dados sobre vacina russa são ‘rasos’ e Oxford é ainda a melhor opção, diz ministro interino da Saúde

“O Exército Brasileiro tem nos ajudado muito nas fronteiras com o Paraguai e a Argentina. Essa parceria tem gerado as maiores apreensões de drogas da nossa história. São fuzis de grosso calibre e longo alcance, ou seja, armas pesadas para usar de forma estratégica”, destaca o governador.

Essa é a segunda doação que o Exército faz para as forças de segurança do Paraná nos últimos anos. Em 2018, um caminhão militar capaz de romper barreiras, como muros, e capaz de transportar 6 toneladas de carga, inclusive explosivos, foi doado à Polícia Civil. O veículo, com tração 6 x6 é usado pelo Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (Tigre), trupo de elite da corporação especializado em sequestros e operações com reféns.

Limpeza de ônibus

O Exército também vem colaborando com a prefeitura de Curitiba. Além de ajudar a organizar filas nos terminais do transporte urbano, essa semana soldados da força passaram a higienizar os ônibus nos terminais.


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?