Em menos de um ano, a Guarda Municipal de Curitiba já participou de cinco cursos de treinamento e aperfeiçoamento ministrados por instrutores do Exército Brasileiro. O último, sobre controle de distúrbios civis, durou cinco dias e teve a presença de 40 guardas. Todos os cursos foram ministrados no Quartel-General da 5.ª Região Militar e 5.ª Divisão de Exército, no Pinheirinho.

O secretário municipal da Defesa Social, Sanderson Diotalevi, destacou o apoio do comandante da 5.ª Região Militar e 5.ª Divisão de Exército, general-de-divisão Luiz Carlos Minussi, que atendeu prontamente ao pedido formulado pela Prefeitura de Curitiba para ampliar a capacitação dos guardas municipais. “Temos uma parceria integral. O Exército Brasileiro está ajudando a treinar a nossa Guarda”, disse Sanderson.

O primeiro curso – “Mecânica de Armamento” – aconteceu em novembro do ano passado. Quatro guardas participaram do treinamento durante seis dias. Em abril deste ano o curso foi repetido para outros 30 guardas municipais, também com seis dias de duração. Em junho, mais quatro guardas participaram do seminário “Cães de Proteção”, que ensinou como empregar esses animais em serviços de segurança. O seminário durou cinco dias.

Reféns

Outro curso importante ministrado pelos instrutores do Exército, em julho último, foi “Gestão de Gerenciamento de Crises”, voltado para situações em que haja reféns. Dele participaram sete guardas municipais. Já no final de agosto, durante cinco dias, 40 guardas municipais receberam treinamento sobre utilização de capacete com proteção balística, escudos, coletes, caneleiras, cães e munição não letal em distúrbios.