Cefet-PR / Divulgação
Cefet-PR / Divulgação

Alunas com o produto elaborado
no Cefet, em Campo Mourão.

Entusiastas de produtos naturais podem vir a ter a opção de substituir o leite condensado por um extrato de condensado de soja com sabor de chocolate, em receitas de sobremesas e guloseimas. É que alunas de Tecnologia em Alimentos da unidade de Campo Mourão, do Centro Federal de Educação Tecnológica do Paraná (Cefet-PR), desenvolveram experimentalmente um produto à base de leite de soja, amido de milho, fermento químico e chocolate em pó, que pode ser usado no lugar do leite condensado.

Segundo a estudante Valéria Demarchi, que integrou o projeto, a intenção agora é procurar alguma empresa interessada em produzir o extrato condensado de soja comercialmente. ?Para isso, será necessária a realização de um estudo de viabilidade econômica do produto?, afirma.

Valéria diz que o estudo de aceitação do produto foi realizado com sucesso. Ela conta que foi feito um experimento sensorial com 44 pessoas – professores e alunos de ensino médio e de terceiro grau – que experimentaram o produto e fizeram considerações a respeito da aparência, sabor e consistência. De acordo com ela, houve 80% de aceitação. Segundo Valéria, o produto traz vários benefícios ao organismo e é recomendado para pessoas que têm restrições ao consumo de lactose. ?A soja é um alimento funcional, diminui o colesterol e previne osteoporose e alguns tipos de câncer, como o de mama e o de próstata.?

Valéria explica que o produto não pode ser chamado de leite condensado, porque é feito de soja e, assim, a denominação correta é extrato condensado de soja. O custo de produção, estima a estudante, é de aproximadamente R$ 1,01 para cada 200 gramas.

O que motivou Valéria e as outras quatro estudantes – Juliana Appelt, Laudelina Batista Neves, Leandra Pietrowski e Luiza de Camargo Harmatiuk – a realizar o projeto foi o ineditismo de um produto com essas características no mercado brasileiro.