A falta de atendimentos na Unidade de Saúde na Vila Rubine, em Ponta Grossa,  levou a diarista Luciane Duarte, 28 anos, a quebrar os vidros e danificar o balcão da unidade. A mulher ficou cerca de meia hora esperando para que a filha Caroline, 4 anos, pudesse fazer uma inalação.  Além das atendentes deixarem a menina esperando enquanto estava com crise de bronquite asmática, atenderam uma outra criança que tinha chego depois ao local. “Eu não agüentei até onde pude. Depois fui lá em casa peguei a primeira coisa que vi na frente e quebrei tudo”, conta Luciane. A Polícia Militar foi chamada até o local e Luciane detida. A mulher foi levada à 13a Subdivisão Policial para o flagrante ser lavrado. Para não ficar presa, Luciane teve de pagar uma fiança de R$ 50. Ela foi indiciada por Danos ao Patrimônio Público e vai responder em liberdade. O posto foi fechado após o incidente. No início da tarde, os moradores da vila Rubine impediram o trânsito na avenida Carlos Cavalcanti, para protestar contra o descaso das atendentes da Unidade de Saúde. Quanto aos médicos os moradores não têm reclamação. Segundo os manifestantes, o problema começou há três meses quando as antigas atendentes foram substituídas. “Tem dia que o médico chega, tem que procurar a ficha do paciente e fazer os primeiros atendimentos como pesar a pessoa. Elas deveriam fazer isso e o médico só consultar. Mas nem isso elas fazem”, reclama a dona de casa Nilza Moraes da Maia, 44 anos, que mora na vila há 17 anos. Nilza frisa que nunca a vila teve problemas com os funcionários do posto. O prefeito Péricles de Holleben Mello foi até o local e conseguiu encerrar a paralisação ao agendar uma reunião com os moradores e funcionários do PS para hoje às 14 horas. O prefeito confirma que se for necessário os funcionários serão trocados. “Queremos resolver isso rapidamente e da melhor maneira”, diz.

Os moradores reforçam que se o prefeito não comparecer ou se o atendimento não for reestruturado, eles retomarão a manifestação. “Se não tem o que fazer então que fechem o postinho que será muito melhor”, esbraveja Luciane.  (Fonte: Jornal da Manhã)