Desesperada pela falta de solução de um processo relativo à guarda de uma criança de 3 anos, uma família decidiu protestar em frente ao Fórum da Família, da Criança e do Adolescente, em Curitiba. Os manifestantes carregaram faixas com frases denunciando “Injustiça na 3.ª Vara”. Avós da garota que tem a guarda disputada, eles estão inconformados com uma decisão favorável ao pai da criança.

“A família está de luto por causa dessa decisão, que não preservou os direitos da criança”, diz a avó da menina, que não quis revelar o nome, nem o número do processo. “Nós somos pessoas de bem, não queremos tumulto. É um protesto pacífico, por uma reforma no nosso sistema de Justiça”, afirma o avô da garota.

A advogada Mara Rita Quaesner, que deixava o prédio do Fórum no momento do protesto, declarou apoio aos manifestantes e disse que dramas como esse são comuns. “A ausência de juízes comprometidos com a família é um problema muito sério. Juízes que não são casados nem têm filhos vêm decidir sobre questões de família”, reclama.