O ácido fólico, uma vitamina do complexo B, deverá estar presente em todas as farinhas de trigo e milho, e nos produtos derivados do milho. A proposta é da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que publicou hoje, no Diário Oficial, a Consulta Pública nº 51 prevendo a fortificação desses alimentos com a vitamina. O regulamento fica para apreciação da sociedade por 60 dias e depois se tornará uma legislação.

A medida da Agência pretende aumentar a ingestão do ácido fólico ou folato pela população, especialmente a das mulheres em idade fértil. A vitamina previne a má formação do tubo neural (estrutura precursora do cérebro e da medula espinhal) no feto. Quando não há o fechamento do tubo neural, o bebê apresenta deformações como anencefalia (ausência do cérebro), espinha bífida e meningocele (defeitos na coluna) que podem resultar em morte, paralisia dos membros inferiores, hidrocefalia e retardo mental, em alguns casos. (ABr)