Os cerca de 150 integrantes da Via Campesina que ocupavam a fazenda experimental de transgênicos da empresa multinacional Syngenta Seeds, no cinturão de proteção ecológica do Parque Nacional do Iguaçu, em Santa Tereza do Oeste, no Oeste do Paraná começaram a desocupar a área na tarde desta terça-feira (10).

De acordo com o 6.º Batalhão da Polícia Militar, os líderes da Via Campesina se reuniram com a Polícia Militar e decidiram-se pela saída pacífica. Em novembro do ano passado, a fazenda, com 143 hectares, já havia sido desocupada pela PM, em obediência à ordem judicial.

A desocupação da área deve continuar nesta quarta-feira, já que os invasores pediram prazo de sete dias para deixar totalmente a propriedade. Com mais esta desocupação, a Secretaria da Segurança Pública do Paraná completa 166 ordens de reintegração de posse cumpridas, desde 2003.