A Secretaria da Segurança Pública cumpriu mais uma ordem de reintegração de posse no interior do Estado. Segundo a Polícia Militar, havia 41 integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra no local, na hora da desocupação da fazenda Tamar, em Tamarana, a 65 km de Londrina, norte do Paraná. A propriedade estava ocupada por integrantes do MST desde fevereiro de 2006. De acordo com a PM, a fazenda foi desocupada pacificamente.

Cerca de 197 policiais auxiliaram no cumprimento da ordem de reintegração de posse, desde as 6h, desta terça-feira (19). Segundo a PM, oito caminhões, um ônibus e mais 20 pessoas ajudaram na retirada dos pertences das pessoas que estavam na área. ?Toda desocupação aconteceu pacificamente. O proprietário auxiliou no transporte das pessoas?, disse o capitão Marcos Vinícius Koch, que planejou a ação.

Segundo o capitão, alguns dos agricultores do MST saíram da área e foram para o assentamento Serraria, no mesmo município. ?Outros foram para cidades da região?, afirmou Koch. Segundo a Comissão de Mediação de Conflitos Agrários, órgão ligado à Secretaria da Segurança Pública, a negociação com o MST foi tranqüila. Esta foi a 165.ª desocupação realizada pelo governo do Estado, desde 2003.