De hoje até o próximo dia 20, a cidade de Guaratuba, no litoral do Estado, realiza a tradicional Festa do Divino Espírito Santo. No Brasil, a comemoração é feita há mais de cem anos. Já a origem da festa data do século XIII, em Portugal. Em Guaratuba os eventos da festa se concentrarão na praça central da cidade.

As festividades são divididas em duas partes: a religiosa, que envolve novenas e outros atos voltados à religião e a parte com apresentações musicais e de grupos folclóricos. Valber Ferraz Torres, o festeiro-mor – espécie de organizador eleito pela comunidade-, contou que a festa do Divino representa quase que uma mini temporada para o comércio da cidade. No ano passado cerca de 130 mil pessoas passaram pela cidade durante a festa. “Ela vem crescendo. Estamos esperando 150 mil pessoas nos dez dias “, relatou Torres.

O organizador contou que a festa é precedida por um período de dois meses de preparação espiritual. Nesses sessenta dias os foliões (pessoa da comunidade) levam as bandeiras do Divino (vermelha) e do Espírito Santo (branca) nas casas da cidade e na zona rural. “Eles vão cantando canções do Divino e tocando a rebeca (espécie de arpa) e o bombo (tipo de tambor). As pessoas os recepcionam e fazem promessas”, explicou, destacando que as duas bandeiras serão levadas à igreja hoje na abertura da festa.

Torres contou que todas as pessoas envolvidas na Festa do Divino Espírito Santo são voluntários moradores de Guaratuba. “Toda comunidade se envolve com o evento”, afirmou.