Henri Jr / O Diário do Norte do Paraná
Henri Jr / O Diário do Norte do Paraná

Tanque foi atingido após
choque com uma moto.

Na volta do feriado, os 16 passageiros e o motorista do ônibus da Expresso Nordeste, que ia de Londrina a Toledo, levaram um susto. A moto que seguia na frente, pilotada por João Geraldo Dutra, de 38 anos, perdeu o controle e acabou caindo, na BR-376, entre Mandaguari e Marialva. Não tendo como desviar, o motorista acabou passando por cima da moto. O tanque de combustível do ônibus foi atingido, o que causou o incêndio.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Marialva, o acidente foi a zero hora de ontem e a pista ficou interditada até que o fogo fosse contido. Até o final da tarde de ontem, a carcaça do ônibus permanecia no acostamento do local. As pessoas tiveram tempo suficiente para descer sem que fossem feridas pelo fogo. Porém, o piloto e o carona da moto, Everton Perreira Dutra, de 18 anos, não tiveram a mesma sorte. Não foram atropelados pelo ônibus mas, por conta do tombo, estão hospitalizados. João Geraldo teve ferimentos graves e está na UTI do Hospital Metropolitano de Sarandi. No mesmo hospital, mas no quarto, está Everton que teve ferimentos leves.

Somente ontem, até o final da tarde, a Polícia Rodoviária Estadual tinha registrado 18 acidentes, com cinco feridos. Desse total, cinco foram na região de Curitiba e litoral. A Polícia Rodoviária Federal registrou, no mesmo período, outros cinco acidentes no Paraná. Não houve nenhuma vítima fatal.