Foto: Anderson Tozato

Tudo está pronto para a festa de hoje à noite.

No meio de muita espuma, purpurina e fitas, os artesãos deram os últimos retoques na produção. Ontem, véspera do desfile da 9.ª Edição do Carnaval de Bonecos de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), o dia foi de preparação. As fantasias foram entregues e, às 18h, teve ensaio geral.

Mais de 50 artistas e alunos de teatro e outros tantos voluntários trabalharam duro por quase 40 dias. Hoje, às 21h, eles entram na Rua Veríssimo Marques com 1,6 mil foliões, três carros alegóricos, seis bonecos de chão e mais 23 personalidades gigantes.

Entre 15 e 20 mil pessoas devem assistir ao desfile que tem como tema Sonhadores da Paz. ?A idéia é mostrar que esses somos todos nós, dentro da idéia da corrente do bem. Trabalhamos em cima de personalidades que, em algum momento, com gestos simples, fizeram a diferença e mudaram o mundo?, explica Tadica Veiga, coordenadora do projeto Boneco e Sociedade.

O Carnaval de Bonecos começou como uma interferência artística, uma brincadeira na rua, lembra Tadica. Esse tipo de festa durou dois anos. Nas edições seguintes, o público de 300 pessoas passou a 700, mil e, na última edição, chegou a quase 20 mil. ?A partir da 5.ª edição, assumimos o formato que temos hoje. Escolhemos um tema, reunimos um grupo de pessoas e apresentamos a proposta para a Prefeitura, que dá o material e a estrutura. Nós cuidamos de toda a confecção e as comunidades locais se inscrevem para desfilar?, afirma.

Durante o desfile figuras importantes estarão representadas, como por exemplo Santos Dummont, Carmem Miranda, John Lennon, Bob Marley, Bono Vox, Mandela, Lady Di, Betinho, Zilda Arns e até João do Pulo.