Policiais do Batalhão de Polícia Ambiental Força Verde, com a ajuda de uma denúncia anônima, localizaram na madrugada de quarta-feira (21) um acampamento que estava sendo utilizado para exploração ilegal de palmitos nativos, no Parque Nacional Saint Hilarie-Lange (Litoral do Paraná). O acampamento estava vazio, mas os policiais seguiram os rastros deixados pelos palmiteiros e encontraram um homem carregando uma embarcação 372 quilos de palmito “in natura”. O homem foi detido e os palmitos e a embarcação foram apreendidos.

“O infrator foi autuado em flagrante delito por causar danos à Unidade de Conservação e pelo transporte ilegal de produto de origem florestal. Além disso, ele pode ser multado em até R$ 18 mil”, declarou o capitão César Lestechem Medeiros.

As Unidades de Conservação do Litoral paranaense têm
expressivas áreas de floresta densa, que são alvo de exploração de palmito e caças ilegais. Para a prevenção e repressão destas atividades ilícitas, o Batalhão de Polícia Ambiental Força Verde, em parceria com o Instituto Ambiental do Paraná (IAP,) promove incursões nessas áreas, com o objetivo de diminuir as atividades ilegais nesses importantes remanescentes da Floresta Atlântica.

A população pode ajudar a conservar uma das mais importantes áreas do patrimônio natural do Brasil, denunciando crimes ambientais pelo telefone 0800 6430 0304.