O Batalhão de Polícia Ambiental ? Força Verde da Polícia Militar reforça ações na campanha de combate a dengue com um novo aliado. Trata-se de uma armadilha para capturar o mosquito transmissor da doença, apresentada durante a solenidade dos 51 anos da unidade, no Parque das Nascentes, entre os municípios de Pinhais e Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba.

Além de diminuir a proliferação do mosquito, a armadilha também serve para auxiliar na retirada de garrafas pets do meio ambiente, contribuindo para a preservação da natureza. O custo é mínimo e o resultado vai beneficiar toda a sociedade.

?Estamos chamando a população a colaborar, pois o combate à dengue e a prevenção a possíveis mortes pela doença depende de todos nós?, disse o tenente Anor Vicente dos Santos Junior, relações públicas da Força Verde. ?A intenção agora é somar esforços?, completou.

Segundo Anor, as orientações sobre como fazer a armadilha serão dadas nas exposições que a Polícia Ambiental realiza em projetos como Blitz da Cidadania e Paraná em Ação. São quatro ou cinco atividades por mês. ?Todos os policiais do batalhão vão assistir ao vídeo de instruções e estarão aptos a ensinar a população como fazer a armadilha?, lembrou ele.

A população também pode encontrar informações no site www.pm.pr.gov.br/ambiental. O tenente Anor ainda comentou que a intenção é auxiliar na divulgação do invento do professor Maulori Cabral, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, para que a mosquetérica (o nome dado para a armadilha) alcance o maior número de pessoas.

Como fazer

Para fazer a armadilha é preciso uma garrafa pet (garrafa de refrigerante de plástico), um pedaço de microtule (tecido usado em véu de noiva), lixa, fita isolante, alpiste, arroz ou ração para gato e tesoura. ?São materiais fáceis de encontrar e que têm custo baixo. A garrafa, por exemplo, pode ser retirada das ruas ou do lixo?, disse Anor.

Para montar a armadilha corte a garrafa na altura que ela começa a afunilar. Lixe a parte interna do funil da garrafa. Coloque o pedaço de microtule na boca da garrafa e fixe-o bem. Depois triture uma pequena quantidade de arroz, alpiste ou ração para gato e coloque no fundo da garrafa. Prenda as duas partes, o funil e a base, com a fita isolante e verifique se ficou bem vedada.

De acordo com o inventor da armadilha, o alimento vai atrair o mosquito da dengue e logo larvas e ovos vão aparecer na garrafa. Para verificar se a larva é do mosquito da dengue basta apontar uma lanterna para a garrafa. Se a larva fugir da luz é sinal que se trata do mosquito da dengue. ?É importante que, neste caso, as pessoas avisem as autoridades da área de saúde?, completou o tenente.