Foz do Iguaçu será sede do 27.º Congresso Internacional de Saúde no Trabalho. O evento, que acontece pela primeira vez no Brasil, deve reunir de 23 a 28 de fevereiro, 4.500 profissionais de várias partes do mundo, especializados em proteger a saúde do trabalhador. A realização do congresso é da ICOH- International Comission on Occupational Health, organização não-governamental multidisciplinar científica voltada a saúde no trabalho em toda as áreas. A ICOH realiza seus congressos a cada três anos para discutir s principais causas que afetam a saúde dos trabalhadores em todo mundo e sua prevenção. A instituição, formada por 25 comitês científicos, é referência mundial de Saúde Ocupacional e base consultiva nas decisões da Organização Mundial de Saúde (OMS) e Organização Internacional do Trabalho (OIT). “Estaremos discutindo questões atuais e pouco estudadas como a prática do assédio moral”, explica Ruddy Facci, primeiro médico brasileiro a ter lugar na diretoria mundial da ICOH. Facci pretende que o ICOH 2003 seja palco para apresentação de inúmeros trabalhados científicos que resultem em mais qualidade de vida e proteção ao trabalhador de todo o mundo.

Esse ano, o tema da Conferência é “O Desafio da Equidade em Saúde e Segurança no Trabalho” e será discutido em 12 conferências magnas, apresentadas por especialistas em Saúde Ocupacional de vários países, 24 mesas-redondas, 88 simpósios e 18 seminários.