Os funcionários dos Correios do Paraná optaram por não entrar em greve. Após a assembleia realizada na noite da última terça-feira, os trabalhadores aceitaram as propostas da empresa e seguem com o trabalho.

Os trabalhadores estavam com indicativo de greve desde o início de setembro. Eles cobravam um reajuste salarial, com 10% de aumento real e correção no benefício da alimentação.

Em 2014, os funcionários paralisaram as suas atividades em três oportunidades. Em uma delas, a greve chegou a ultrapassar um mês, prejudicando a população nas entregas.