As obras de reparo no trapiche da Praia de Brasília, na Ilha do Mel, no Litoral do Paraná, foram autorizadas pelo governo estadual nesta quinta-feira (16), após uma série de problemas na estrutura que se acumulam há tempos. Os reparos vão se estender também para o trapiche da Praia de Encantadas.

Ponto de chegada de um dos lugares turísticos mais importantes do estado, o trapiche ficou dois anos sob um processo de reforma que acabou no fim de 2018, mas que não foi suficiente para evitar novos problemas: despencou quatro vezes num curto período de tempo e chegou a ser interditado pela Capitania dos Portos da Marinha.

Durante evento na sede administrativa da empresa Portos do Paraná nesta quinta, o governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) afirmou que o prazo de entrega das obras será de sete meses após publicada a licitação – o que ainda não tem data para ocorrer.

Em sua fala, Ratinho Jr. prometeu “trapiches muito mais modernos, com acessibilidade e conforto”, que é o que moradores vêm reivindicando há tempos.

Os problemas no trapiche de Brasília começaram a ganhar repercussão em agosto do ano passado, quando a estrutura ficou completamente embaixo d’água mesmo ainda durante um período de reforma. Dois meses depois, moradores chegaram a pedir interdição da passagem ao Ministério Público do Paraná diante das condições precárias, que fizeram com que uma turista caísse e precisasse levar 29 pontos na perna. A Marinha interditou parcialmente estrutura em fevereiro deste ano, mas pouca coisa foi resolvida. No último mês de maio, houve um novo desabamento.

Marinha isolou área e notificou proprietário para resolver os problemas no trapiche. Foto: Divulgação/Animpo
Marinha isolou área e notificou proprietário para resolver os problemas no trapiche. Foto: Divulgação/Animpo

As obras anunciadas fazem parte de um conjunto de 14 estruturas, com projetos custeados pela Administração dos Portos do Paraná (Appa): nove serão reformadas e cinco serão construídos.

Serão reformados os trapiches nas comunidades de Amparo, Europinha, Eufrasina, Ilha do Teixeira, Piaçaguera, Rocio e Vila Maciel, todas em Paranaguá. Novas construções serão nos trapiches em Ilha dos Valadares em Paranaguá, na Vila dos Pescadores de Pontal do Paraná e na Ponta da Pita e no Portinho, ambas em Antonina.

Polícia usa helicóptero para caçar envolvidos em confronto em Curitiba!