Uma chuva de granizo atingiu o município de Tijucas do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), no final da tarde da última sexta-feira. Em função do problema, que ocorreu com maior intensidade das 17h30 às 18h, o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil locais receberam uma série de ligações.

Segundo a Defesa Civil, setenta casas localizadas dentro do município foram afetadas e sofreram avarias, principalmente quebra de telhas. Os bairros mais atingidos foram Lagoinha e Lagoa 1. Não foram registrados alagamentos nem vítimas. ?Distribuímos lonas às famílias que tiveram suas casas destelhadas e tudo acabou sendo solucionado na noite de sexta-feira mesmo?, informou a Defesa Civil.

De acordo com o Instituto Simepar, as chuvas que atingiram a região de Tijucas são isoladas e podem se repetir nos próximos dias em todo o Estado. ?Pode ocorrer chuva forte com trovoadas, rajadas de vento e granizo, já que há condições de instabilidade em todas as regiões?, explica o meteorologista Fernando Mendes. O motivo dessa ?virada? no tempo é a chegada de uma frente fria que encontrou uma grande massa de ar quente que estava sobre o Paraná. ?O resultado é que esses contrastes de temperatura, pressão e umidade provocam tempestades mais severas?, afirma. Em vista disso, o clima fica mais ameno a partir dessa semana. Em Curitiba, as temperaturas máximas ficam entre 19 º C e 23 º C e as mínimas, em 14 º C, a partir de amanhã.