O Hospital de Clínicas (HC) de Curitiba e a Maternidade Victor Ferreira do Amaral recebem entre outubro e novembro deste ano a primeira leva de contratados pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). Serão 418 novos trabalhadores. De acordo com o diretor do HC, Flávio Tomasich, essas contratações irão possibilitar uma economia de aproximadamente R$ 1 milhão por mês para o hospital, a abertura de 78 leitos e a melhora do atendimento de urgência e emergência.

Esses profissionais foram aprovados no concurso realizado pela Ebeserh no meio deste ano. No total, foram abertas 1.775 vagas. Já no próximo mês, 318 concursados começam a trabalhar. Esse primeiro grupo será composto por 198 médicos, 118 profissionais de enfermagem e dois técnico-administrativos. Em novembro, mais cem médicos passam a atuar no hospital e na maternidade.

Segundo a direção do HC, com esse reforço nas equipes médicas e de enfermagem, será possível ampliar de 9 pra 11 o número de salas de cirurgia e outros leitos de UTI, que atualmente estão fechados por falta de pessoal.

As contratações também abrirão a possibilidade do HC aumentar o número de atendimentos. Nos próximos dois meses, o hospital deverá rever e ampliar as metas contratualizadas com o SUS para 2015. A estimativa é de que o hospital alcance um equilíbrio financeiro até o fim do ano que vem.