Hoje é feriado em Curitiba, dia da Padroeira da cidade. Por conta disso, quem mora na capital tem um dia a mais de folga, o que deve retardar o retorno das viagens deixando as estradas ainda mais cheias hoje.

Quem está nas praias paranaenses deve ficar atento para a operação que ocorre na PR-407 (entre Praia de Leste e a BR-277), das 13h30 às 18h. Neste horário, a PR-407 fica em mão única sentido BR-277, para facilitar o fluxo de veículos.

A previsão da Ecovia, concessionária que administra o trecho, é que sete mil carros passem na PR-407 hoje. E pelo menos 25 mil devem subir a serra rumo a Curitiba somente hoje, sendo que os horários de pico serão entre 10h e 16h.

Ontem, pelo menos 25 mil carros que estavam nas praias do Paraná retornaram para Curitiba, segundo a Ecovia. A previsão anterior era de 35 mil carros para ontem, porém, com o tempo chuvoso muita gente deixou as praias já no domingo. Por volta das 18h de ontem, foi registrado o fluxo de cerca de 2 mil carros por hora na praça de pedágio (quando o normal são 700).

Quem tiver que trafegar na PR-508 (para quem está nas praias de Matinhos ou Guaratuba) para retornar a Curitiba deve fazê-lo antes das 13h ou após às 18h de hoje, horários em que se prevê menos fluxo de veículos.

Quem precisar se deslocar de Curitiba ou Paranaguá para Pontal do Paraná deve utilizar a PR-508, e não a PR-407, que estará somente em um sentido (para Curitiba).

Na BR-376 (estrada que liga Curitiba a Santa Catarina) o fluxo também era muito grande ontem à tarde (cerca de 2.800 carros por hora), e para hoje a previsão é ainda maior: 3.500 carros por hora, quatro vezes mais do que em dias normais. Nas estradas do interior o movimento era tranquilo ontem, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Na BR-277 não foram registrados acidentes graves, segundo a Ecovia. Porém, uma neblina que se estendeu por 25 km deixou o trânsito lento na serra, ontem. Já na BR-376 ocorreu um acidente grave ontem à tarde, com uma vítima fatal.

Segundo a PRF, um veículo se perdeu e caiu na serra, na altura do km 555 (já em Tijucas do Sul, próximo a Curitiba), matando o passageiro. No final da tarde de ontem, o acidente ainda estava sendo atendido, mas não foi necessário fechar a pista.

A PRF não divulga números parciais de acidentes, sendo que isso deve ser repassado somente amanhã. Já a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) registrou até ontem à tarde pelo menos 86 acidentes, que resultaram em 84 pessoas feridas e sete óbitos. Desde sexta-feira até ontem, a PRE já tinha multado mais de 1.600 motoristas de todo o estado.